Documentos:
» Pesquisar
Date Picker
» Notícias
Tânia a jovem presidente da Associação
2014-07-03 15:52:00

Como se não bastasse o ressurgimento da colectividade para encher de alegria quem está atento ao movimento associativo do concelho, são redobrados os motivos de satisfação uma vez que a presidir à Associação temos uma mulher, uma jovem de 23 anos, de S. Martinho de Coura. Não sendo embora caso único em Paredes de Coura, a presença feminina ao leme de uma colectividade deste cariz é sinónimo do afastamento de preconceitos que marcaram outros tempos.
Já de si esta seria razão suficiente para irmos ao encontro de Tânia Freitas, que profissionalmente é condutora de empilhador de armazém. No caso, as atenções sobre a nova presidente incidem mais fortemente dado estarmos diante de uma das mais categorizadas futsalistas do Castanheira, atleta elogiada pela sua capacidade de luta e pela total entrega ao jogo, atributos que já a levaram à Selecção Distrital de Viana.
As linhas que se seguem são o resultado da entrevista com uma desportista de mão cheia, pelo que o leitor verá, tão desenvolta na palavra como dentro das quatro linhas.

O que levou uma jovem desportista como a Tânia a assumir a Associação de São Martinho de Coura em paralelo com a carreira de futsalista no Castanheira?
Inicialmente fui convidada a fazer parte de uma lista. Na reunião que se realizou não apareceu toda a gente e entre os presentes decidimos refazer a lista, aí a grande maioria dos presentes decidiu convidar-me para presidente. Como queria que alguém fizesse algo por São Martinho de Coura, decidi aceitar, juntamente com uma equipa fantástica, para trabalhar pelo melhor.
A Associação a que preside desde o mês passado esteve paralisada durante alguns anos. O que projecta para recuperá-la a nível desportivo e cultural?
O primeiro projecto foi cantar as Janeiras pela freguesia e no Centro Cultural, que correu muito bem. Fomos muito bem recebidos em todas as habitações que visitámos, inclusivamente deram-nos os parabéns pela iniciativa e também pela escolha musical.
Estamos a limpar a antiga escola da freguesia, que é a nossa sede. Como estava há muito inactiva, está muito degradada. O projecto principal desta direcção é realizar todos os meses uma actividade cultural ou desportiva. Já no mês de Fevereiro, vamos tentar fazer um cortejo de Carnaval, finalizando com um baile de máscaras.
Também já estamos a preparar o Torneio de Futsal para o Verão, tanto masculino como feminino.
Neste tempo de vacas magras, não fica assustada por não existirem subsídios para as associações, limitando assim o trabalho associativo?
Não. É um desafio para o qual nós estamos preparados, tanto na vida associativa como na vida pessoal. Temos que trabalhar para ultrapassar as dificuldades que nos vão aparecer pelo caminho.
Não acha que falta alguma idade a esta equipa dirigente? Não faltará temperar a juventude com alguma experiência?
Não. Temos pessoas muito experientes na equipa, inclusivamente um elemento que já pertenceu a uma associação antiga. E a juventude que temos é responsável e tem muita vontade de trabalhar e de levar o nome de São Martinho de Coura o mais longe possível.
Falemos agora do futsal do Castanheira. A que atribui o facto de esta época o clube estar, ainda vamos em Janeiro, praticamente afastado da luta pelo título?
A época é de regularidade e nós, nos momentos importantes, falhámos quando a margem de erro era mínima, sabendo-se que só existem três equipas a lutar pelo título.
O primeiro objectivo é praticamente impossível de alcançar, mas ainda temos a Taça e a Supertaça para vencer. Vamos fazer tudo para lutar até ao fim por estas duas competições que restam. Estamos cheias de vontade de demonstrar que somos a melhor equipa da Associação de Viana do Castelo.
Confirma os rumores que dão o balneário da equipa, neste momento, com um ambiente pouco saudável? Ou seja, diz-se haver alguma desmotivação entre as atletas.
Como acima referi, estamos cheias de força e vontade de demonstrar que somos as melhores. O balneário é fantástico e além de sermos as melhores dentro do campo, somos uma enorme família: caindo uma caem todas; ganhando uma ganham todas!
A Tânia afirmou-se nas últimas temporadas como a atleta do Castanheira que mais evoluiu. Hoje é um elemento indispensável na equipa. Como conseguiu dar o salto de um patamar menos vistoso para o degrau que hoje ocupa e que faz de si uma das melhores futsalistas do distrito?
A melhor maneira de evoluir é trabalhar arduamente para fazer o melhor todos os dias, esperando pela minha oportunidade para poder demonstrar o meu valor.
Tive uma treinadora chamada Marlene Laundos que acredito em mim como mais ninguém o fez. E eu tentei corresponder à oportunidade que me foi dada, achando que ganhei a aposta que ela fez em mim. Desde já o meu obrigada por ter acreditado em mim.

TODAS AS NOTÍCIAS
Convocatória AF 2 dez
Data de publicação:
2017-11-20 19:53:00
Tânia a jovem presidente da Associação
Data de publicação:
2014-07-03 15:52:00
Outubro de 2009
Data de publicação:
2009-11-09 10:31:00
PAGINADOR:
[1]
Convocatória AF 2 dez...
2017-11-20 19:53:00 Edital - Convocatória para a Assembleia de Freguesia de 02 de dezembro de 2017
Tânia a jovem presidente...
2014-07-03 15:52:00 Depois de alguns anos de apagamento a Associação Cultural de S. Martinho de Coura reaparece agora pela mão de uma entusiasta e bairrista equipa de corpos sociais onde predominam a juventude e a paixão pela terra.
Outubro de 2009...
2009-11-09 10:31:00 Eleições de Outubro de 2009 estabelecem algumas alterações...
Tempo Viana do Castelo